quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Coração de Mochileiro...

Título curioso para um post após logo e tenebroso inverno, o primeiro deste novo ano que chegou,2009.Devem estar se perguntando: mas por que semelhante título?E eu respondo, com toda a franqueza que possuo: um coração que vive à vagar por diversos lugares,mas que em dado momento, acaba por voltar ao lugar de origem, afinal, não há no mundo alguém que consiga passar a vida inteira sem encontrar um porto seguro, um lugar onde possa chamar de casa,do lugar onde moro, onde me sinto bem e em paz consigo mesmo...Hoje estava assistindo à sessão da tarde(é isso mesmo, há quem se dignifique a isso) e o filme era: Karatê Kid IV,estão pasmos?!Até eu mesma fiquei, confesso, porém verdade seja dita: os orientais tem umas lições de vida que nós os ocidentais, ainda temos muito o que aprender com eles, uma frase a qual me chamou muito a atenção:"A ave ficou tanto tempo presa em uma gaiola que o mundo se tornou grande demais pra ela", interessante não acham?

Poderia até dizer que essa frase se aplica com perfeição à minha pessoa, já que sempre fui alguém que recebeu "tudo pronto" nas mãos, nunca tive de lutar por nada, talvez os pais entendam que a melhor maneira de criar é seus filhos é literalmente dar tudo "de presente", às vezes é preciso ensinar a pescar que dar os peixes na boca dos filhos..E é isso, agora o mundo parece grande demais pra mim, assim como para a ave do filme,estou começando a alçar vôo agora( que se danem as novas regras de acentuação da língua portuguesa!),à cada dia, dou um passo a frente, às vezes abro mais as asas, às vezes encolho-as um pouco, o medo de cair ainda paira no ar,é normal não é mesmo?!

O ser humano tem medo de sofrer, de cair, de ver que muitos planos feitos tem de ser refeitos pois não deram muito certo muitas e muitas vezes e assim, tem momentos que dá um cansaço, uma vontade de sair por aí sem destino, somente usando este velho "coração de mochileiro", acho eu que não só é a minha pessoa que possui o mesmo,aliás , coração este que está ficando até bem cansado, com ganas de largar a mochila em algum lugar, apesar da vontade de conhecer outros mundos, outras pessoas,outros lugares e ver que o mundo que parecia tão grande é na verdade pequenino diante da grandeza dos sentimentos que só um coração de mochileiro poderia ter...Alegria, cansaço,esperança, preguiça, carinho, tantos em um só lugar.Vai mundo, por favorm não fica tão grande assim e me deixa sair, não quero mais ficar presa nesse mundinho fechado de idéias medíocres, onde pessoas brigam por um pedaço de chão...

Nenhum comentário: