quarta-feira, 23 de março de 2011

Creio porque VEJO...

Mais uma vez,hesito antes de escrever por aqui...A gente "abandona" a tal "zona de conforto" aos pouquinhos,nunca fui muito afeita à mudanças bruscas,aprecio mais o passo a passo que tomar a drasticidade como ingrediente principal.Mas deixemos de tanta divagação e passemos ao que havia imaginado para hoje..

Tenho um amigo, se é que já posso denominá-lo assim,considerando que pelo menos até o presente momento,ainda não ultrapassamos a barreira virtual...Ele adora me enviar "livros",arquivos de texto ou seja lá como queiram nomear esse emaranhado de letras,pontos,vírgulas,inseridos no quadrado mais perfeito dos últimos 40 anos, o computador...Engraçado é que ele manda coisas as quais eu me agrado muito em ler: textos sobre História do Brasil, obras de escritores clássicos, fotos de monumentos históricos,etc..
O que ocorre?Até o presente momento não "consegui" ler nenhum deles..Falta de vontade?Não,simplesmente não me atrai a ideia de não poder sentir algo perfeitamente palpável, como um livro de verdade; aquele em que podemos passar suas páginas,destacar o que encontramos de mais importante e voltar..Sempre que quisermos.

Por quantas vezes nos deparamos com situações assim?Precisamos da certeza de que aquilo é a escolha certa,o caminho a seguir é esse mesmo,mas a vida é mesmo uma "menina que vive brincando de esconde-esconde" e nessa brincadeira,a gente se perde e se acha,tudo isso no momento oportuno...As trilhas pelas quais seguimos nem sempre indicam o caminho mais fácil,é cheio de armadilhas,tropeços e imprevistos,mas sabe que temos um "mapa"?

No mapa temos as dicas que recebemos de amigos, família são a "corda, o palito de fósforo,o capacete que protege da pancada"..Se eles sempre acertam?Não, estamos falando de seres humanos..O melhor de tudo isso é saber que se um desses auxílios " de primeiros socorros" não deu certo,podemos contar com um daqueles brindes,não está presente sempre,mas alguns agraciados vem com ele: a intuição...Certezas inabaláveis do dia de amanhã?Difícil responder algo que não está ao alcance de nossas maõs...Usou "o kit de emergência" na hora errada?Volta um pouco "a fita"e refaz a rota,é sempre bom fazer as coisas no nosso "próprio tempo"...

Abraços à todos!!

Nenhum comentário: