terça-feira, 8 de setembro de 2009

Cores: imagem de quem somos...

As cores são peça fundamental no desenrolar de nossas vidas..Não, não se trata de nenhum texto querendo relembrar as áureas épocas de nossa vida, a infância, na qual todos aprendemos a diferenciá-las e até a misturá-las para descobrir novas tonalidades..Hoje,por exemplo, acordei com a energia meio em baixa, então o amarelo foi o escolhido..Engraçado ter escolhido justo essa,pois há tempos atrás,não podia nem ouvir falar em amarelo, eu simplesmente o detestava,achava que "chamava atenção demais";porém de onde menos esperava surgiu algo diferente.

Descobri que a cor amarela nos traz energia, quando nos sentimos sem energia pra realizar atividades mais dinâmicas é ele quem reaviva nossas ideias( sem acento, pois seguimos as novas regras gramaticais à risca!),nos faz ver que a vida segue seu curso, as vezes meio vagarosa,as vezes um pouco mais rápida.Será que alguém aí pensou em alguma "amizade amarela"?Podem estar se perguntando o que diabos é amizade amarela , amizade por acaso tem cor?Pois eu digo que sim,pode apostar...

Sabe aquela pessoa que te deixa pra cima, levantando seu astral quando você pensa que não há mais jeito pra nada, tudo é tão imutável quanto o tempo de outrora?Essa é a amizade vermelha,sempre tão vibrante, nada pode abalar, mas é preciso cuidado: a mistura de muita energia pode ser explosiva,portanto, cuidado nas "doses",uma pitada já é mais do que suficiente.

Não há nada melhor que conversar com alguém sempre animado, sempre pra cima, certo?Errado.Existe sim algo melhor que isso: alguém que saiba te dar esperança de dias melhores; acho que alguém, pelo velho clichê de sempre, já deve ter adivinhado a qual cor me refiro,se falou verde, acertou;é verde sim,são verdadeiros trevinhos de quatro folhas( olha o patuá aí gente!),nos fazem acreditar de toda maneira que, se as coisas ainda não estão bem é porque a batalha ainda não foi decidida,acreditam que o melhor sempre está por vir...

Existem pessoas que passam uma áurea de tranquilidade,até mesmo no modo de falar, a voz mansa, tudo funciona em uma velocidade um pouco mais baixa que o habitual,acho que alguém pensou em branco, se pensou, errou meu caro..Pois estou falando da amizade azul , afinal quem não tem aquele amigo sempre tranquilo, o qual nada pode abalar, devo confessar que às vezes falta um pouco de paciência pra esse especificamente, afinal é como diz o velho ditado:"pés de barro e estátua de bronze",traduzindo: momentos de fúria todos nós temos, pelo menos uma vez na vida.

Segurança, sobriedade.Esses são os adjetivos principais daqueles que se consideram prontos pra qualquer desafio sem muito alvoroço, aquela pressa toda.Essa é a amizade de cor preta.Podem estar aí imaginando:Nossa, mas ela foi escolher logo preto; deve ser aquela pessoa que nos puxa pra baixo, sempre com ideias negativas,devo confessar que pode ser que sim, afinal todos as cores, dependendo de sua "posologia" podem nos fazer bem ou mal, aliás, como tudo na vida, não é mesmo pessoas?!Nesse caso, me reporto às pessoas tão seguras de si que a cor preta já basta,não é necessário passar qualquer outro tipo de imagem,aposto que já pensou em alguém, não é mesmo?!

Depois de ter passado por um verdadeiro "arco-íris de personalidades",chega a vez daquele amigo que agrega um pouquinho de cada uma dessas cores,mas quando se depara com algum problema, sabe parar, pensar e refletir com a maior clareza sobre a melhor solução a ser tomada, com uma pitada de neutralidade, característica a qual nos fazem mais racionais diante de coisas tão emocionais,mas afinal, que cor seria essa amizade?Qual seria o "amigo ideal" , já que agrega todas as outras qualidades?Para resolvermos nossos problemas,precisamos de paz de espírito, correto?Alguém aí já "matou a charada"?Respondeu branco? Pois bem, acertou.Uma última pergunta: existe amizade ideal? E eu respondo que sim, a VERDADEIRA, genuína, essa tem até modo de usar: misture uma pitada de cada cor e então encontrarás um amigo..

Ate a próxima!

2 comentários:

Iata San disse...

Nunca tinha feito essa comparação das cores com as nossas amizades, você foi muito feliz ao perceber isso, talvez esse seu baixo astral fosse necessário para que pudesse enxergar a cor amarela de uma maneira diferente!
Muito bom o seu texto!

Ludmila M. disse...

Obrigada pela força..valeu mesmo moço!