segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Amor às músicas..

Estou aqui ouvindo uma musiquinha do Nando Reis que adoro,se chama:Por onde andei..Ela tem uma letra bem simples não é mesmo?Fala sobre amor, por que caminhos estávamos seguindo antes que "alguém" nos encontrasse..A propósito, as músicas mais bonitas tem conteúdos simples, quer conteúdo mais bonito, e que tem uma singularidade tamanha.Conforme os anos vão passando, as músicas tem um grande significado em nossas vidas: elas podem representar momentos de felicidade, de tristeza, de raiva, enfim, de uma quantidade de sentimentos, idéias e emoções bastante diversos.Tem as músicas da época da ditadura militar, quando ninguém podia sequer se expressar e aí então vem a pergunta: como foi que elas conseguiram alcançar tante gente?Simples.Ela falava de assuntos ao mesmo tempo simples e complexos.Amor mesclado à tortura da ditadura,boa mistura essa?Acho que sim,afinal, as músicas mais bonitas são dessa época.Não só essas.Tem músicas que penso que são bregas,tem outras que o tempo passa e ainda acho que estão "na moda", e é bom parar de falar em moda, nem me guio tanto por moda,apesar de que seguir algumas tendências não vai me tornar nenhuma patricinha fútil como existe muito por aí.Gosto dos clássicos: aqueles que são como os textos de Aristóteles,Platão, Sócrates, pois o tempo passa e passa e passa e os assuntos relatados em seus textos continuam sendo atuais.Tem música que tem cheiro: cheiro de rosa, cheiro de mar,cheiro de gente..Bom saber disso.Quando as músicas tocam, os pensamentos voam e assim chegam as idéias,então,viva às músicas!

2 comentários:

Daniel disse...

Engraçado, eu tb tenho essa coisa com músicas, na vardade sempre me lembro de uma música em tudo que acontece comigo... As vezes sem nenhuma razão lógica...Bom, acho que no fundo tem músicas que te fazem lembrar as coisas parecidas com a letra ou mesmo com uma situação onde vocâ a ouviu antes

Ludmila M. disse...

Obrigada pelo comentário Dan,e num tem nada de sem sentido viuu?!bjão!